Siga-nos

Em alta

SAÚDE

Covid-19: número de casos novos em Blumenau aumenta, mas secretário de Saúde diz que situação é estável 


Blumenau registrou nesta terça-feira 109 novos casos de covid-19 entre moradores da cidade. Há quase dois meses não havia registro de mais de 100 casos em um dia. A última vez que isso ocorreu foi no dia 19 de agosto. No total a cidade tem 13.594 casos da doença diagnosticados desde o início da pandemia, em março.


O secretário municipal de Promoção da Saúde, Winnetou Krambeck,diz que esse aumento pode ser consequência do feriadão. É possível que pessoas tenham sentido os sintomas no sábado, domingo ou segunda e só tenham buscado atendimento nesta terça. Ainda assim, o motivo pode ser outro. “Só acompanhando os próximos dias para ter uma justificativa mais concreta”, escreveu Krambeck ao blog.


whatsapp

telegram

Krambeck destaca que o número de teste realizados também deu um salto nesta terça-feira. Foram 497 contra 81 na segunda, 27 no domingo e 144 no sábado.

Em compensação, o índice de internação caiu em relação aos dias anteriores. No fim da tarde desta terça-feira 22 pacientes com covid-19 estavam internados nos hospitais de Blumenau. Onze em leitos de UTI e 11 em enfermarias.

Evolução

O secretário municipal de saúde diz que a situação na cidade é de relativa estabilidade. Segundo ele o número de novos casos registrados na última semana epidemiológica, que terminou no sábado, é menor que na semana epidemiológica anterior. Foram 224 contra 269.

Isso depois de registrarmos uma elevação de 210 casos para 269. Essa estabilidade pode se confirmar ou até termos uma tendência de queda se a população colaborar mantendo os cuidados básicos.

grafico

Sobre uma segunda onda que atinge alguns países da Europa, Krambeck diz que é impossível saber se ela também será registrada aqui. Para ele, a proximidade do inverno facilita a transmissão por lá, o que não deve ocorrer no hemisfério sul. Ainda assim, ele diz que os números podem subir se a população não colaborar, independente da temperatura.

A recomendação, por enquanto, é a de sempre. Ficar em casa sempre que possível, usar máscara ao sair, lavar as mãos com frequência e manter distância das pessoas ainda são atos necessários para combater a proliferação do novo coronavírus.

Mais Postagens

Deixe um comentário

Campos obrigatórios são marcados com * *