Pancho
ECONOMIA E NEGÓCIOS, TURISMO

Concessão do Mercado Público de Blumenau não atrai interessados

Mercado Público de Blumenau
Mercado Público de Blumenau
Foto: divulgação, Terra Arquitetura.

“Restou deserta”, como diz o linguajar técnico, a licitação lançada para conceder à iniciativa privada o futuro Mercado Público de Blumenau. Ou seja, não houve empresas ou consórcios interessados no negócio. A abertura dos envelopes com a documentação e propostas seria na tarde desta quarta-feira.

A ideia era encontrar alguém disposto a construir e gerir o espaço que tem projeto para ser erguido no mesmo local onde hoje funciona a feira livre da Rua Humberto de Campos. O terreno de 4,1 mil metros quadrados daria lugar a uma edificação de 11,9 mil metros quadrados de área construída.

O projeto arquitetônico está definido desde 2007, quando a Terra Arquitetura, de Blumenau, venceu um concurso nacional. Desde lá o poder público tenta encontrar verba ou meios de viabilizar a construção do mercado. Depois de 14 anos, o modelo de concessão foi definido, mas, tudo indica, deve ser revisto. Pelo menos em parte.

Tentei contato com o secretário municipal de Turismo, Marcelo Greuel, para saber o futuro da concessão, mas não tive sucesso. Pelo histórico de licitações desertas no poder público, é possível que o edital seja revisado para tornar o negócio mais atraente.

Sair da versão mobile