Siga-nos

Em alta

COTIDIANO, INFRAESTRUTURA

Terreno público cercado por condomínio ganha projeto para virar praça no bairro Victor Konder 

Praça Rua Max Hering
Terreno fica na Rua Max Hering, entre as ruas Timbó e Victor Konder. Foto: Pancho

Arquitetos da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano (Seplan) de Blumenau trabalham no projeto de uma nova praça em um terreno que fica na Rua Max Hering, bairro Victor Konder. A área tem pouco mais de 700 metros quadrados e o primeiro estudo está nas imagens abaixo. Prevê um playground para crianças, uma academia ao ar livre, mobiliário e arborização.

Leia também: “Blumenau não está perdendo a Hering”, diz o presidente da companhia, Fábio Hering 

Logo da empresa XYZ

A prefeitura de Blumenau recebeu nesta semana um abaixo-assinado com 890 assinaturas pedindo a instalação de uma área de lazer no terreno. Uma comissão formada por moradores da região entregou o documento ao secretário de Planejamento Urbano, Éder Boron.

Praça Rua Max Hering
Imagem do primeiro estudo para aproveitamento público do local. Foto: divulgação

O problema que surge é o fato de o terreno estar cercado, com acesso exclusivo aos moradores do condomínio San Marino, que fica na Rua Victor Hering. No local há um campinho de futebol. Boron diz que já localizou a matrícula do imóvel, em nome da prefeitura, e encaminhou a documentação para a Procuradoria Geral do Município.


ttelegram
wwhatsapp

O secretário quer saber se há um motivo para o terreno estar sendo usado apenas pelos moradores do condomínio. Só depois disso e, se for o caso, de recuperar a posse do imóvel, é que a prefeitura deve correr atrás da verba necessária para instalar a praça.

Praça Rua Max Hering
Imagem do primeiro estudo para aproveitamento público do local. Foto: divulgação

Contraponto

O síndico do condomínio San Marino diz que assumiu o cargo há pouco tempo. Ele apenas ouviu dizer que, no passado, a prefeitura teria deixado o condomínio usar a área desde que cuidasse da limpeza.

Leia também: Justiça Federal decide pela demolição do esqueleto do Edifício América, no Centro de Blumenau 

A mesma informação foi repassada por uma moradora do condomínio com quem conversei. Segundo ela, esse acerto teria ocorrido décadas atrás, quando o terreno estava cheio de mato e lixo.

Pressão continua

A idealizadora do abaixo-assinado, Cristiane Uhlmann Kuhlmann, diz que qualquer pessoa ainda pode assinar o pedido, que está disponível neste link. Quanto mais gente apoiar a ideia da praça, maior a pressão e mais rapidamente o projeto pode sair do papel. Isso se não houver alguma cessão de uso vigente para o condomínio.

11 Comments

  1. Nívea Marques

    Um Pet Placês seria ideal para o bairro.

  2. LUIZ HENRIQUE COSTA

    Sou morador do condomínio San Marino e quando adquiri o imóvel este estva cercado e com manutenção.
    A ideia da praça é uma das possíveis, já que a nossa quadra, bairro, perdeu muita área verde, foram derrubadas uma a uma, e hoje restaram apenas as das calçadas. Temos duas praças próximas. Outra possibilidade é de devolver as arviores, com o reflorestamento complketo desta área

  3. Elldon Jung

    “Cada praça a mais nunca é demais”! E Blumenau está carente de praças e parques etc. Vamos torcer para que o interesse público prevaleça sobre o privado.

  4. Joao

    A ideia da praça é boa e viavel, considerando que o terreno é da prefeitura, mas, ao inves de uma grande area pavimentada que aparece no estudo, deveria ser implantada uma area verde de fato, com arborizacao em toda a area, com o playground inserido nessa arborizacao. Sem falar na permeabilidade (como é exigida em projetos de predios)… ja que o paver nao é considerado permeavel pela prefeitura, cobrir a quase totalidade do espaço nao parece coerente… E ao trocando as floreiras e boa parte do paver por area verde no terreno, com arborizacao, deve até ficar mais barata a obra.

    1. LUIZ HENRIQUE COSTA

      Perfeito. Sou morador do condomínio e defendemos esse tipo de implantação.. Onde há a clinica de fisioterapia, havia uma oequena floresta, derrubada. Na esquina da atual praça, foram derrubadas um outra pequena floresta, para dar lugar a mais uma obra. Assim defendemos uma arborização e nad ade cimento e vedação

  5. Lauro Eduardo Bacca

    A lotação do Parque Ramiro Ruediger evidrncia a carência de áreas verdes acessíveis ao público em Blumenau. Praça de uso público ali já. Caso haja algum documento de concessão, o mesmo deve ser revogado dentro da lei e nada impede que o condomínio continue a colaborar com sua manutenção.

    1. LUIZ HENRIQUE COSTA

      Bacca, não há oposição de nós condominos. O que fizemos até então foi manter limpa uma área até então entulhada de lixo, segundo se conta. Cheguei ao condonio em 2005 e de lá pra cá foi só derrubada de mata na Victor Konder. Assim, defendemos arborização e uso público, desde já!

    2. LUIZ HENRIQUE COSTA

      Todos devem colaborar com a manutenção.

  6. Elke

    A foto atual e as magens do estudo não parecem demonstrar arborização .

  7. Anonimo

    Como esta isso?
    Me mudei para região a pouco e quero saber sobre o assunto.
    Daqui a pouco vou ali arrebentar aquela cerva e vou usar.

    1. Pancho

      Vou dar uma olhada 😉

Deixe um comentário

Campos obrigatórios são marcados com * *