Siga-nos

Em alta

SAÚDE

Covid-19: Com mais óbitos em julho que nos dois meses anteriores Blumenau chega a 600 mortos 

Gráfico mortes
Número de mortes na cidade aumentou no mês de julho em relação aos dois meses anteriores

Seiscentos moradores de Blumenau já morreram em decorrência da covid-19 desde o início da pandemia. O número foi divulgado pela prefeitura nesta segunda-feira.


Só nos dois primeiros dias de agosto a cidade registrou as mortes de quatro pacientes com a doença provocada pelo novo coronavírus. Em julho foram 43 mortes, contra 27 de junho e 36 de maio. No ano, o mês que mais registrou óbitos foi o de abril: 85.

Logo da empresa XYZ

A quantidade de pacientes mortos aumenta apesar de o número de novos casos estar em queda. Nesta segunda-feira a média móvel de diagnósticos diários foi de 89, queda de 44% em relação à média de duas semanas atrás. É a menor média em 64 dias, desde 31 de maio.

Gráfico casos
Média móvel de casos diários (azul) de covid-19 vem caindo em Blumenau há alguns dias.

A média móvel diária em Blumenau está em queda há 12 dias. Nesta segunda foram registrados 116 novos casos. No total a cidade já registrou 62.282 casos de covid-19 entre os moradores da cidade.

Demora no impacto

O secretário municipal de Promoção da Saúde, Winnetou Krambeck, disse na semana passada ao blog que o número de mortes deve cair em uma ou duas semanas. Isso porque de acordo com a dinâmica da doença já observada ao longo da pandemia, o impacto da queda de casos demora cerca de um mês para ter impacto nas mortes.


ttelegram
wwhatsapp

Antes, cai o número de internados, o que já vem ocorrendo desde a semana passada. Nesta segunda, 63 pacientes estavam internados nos hospitais de Blumenau. Em UTIs estão 41 e em enfermarias, 22. Para se ter uma ideia da evolução, na segunda-feira da semana passada eram 94 os internados. A queda foi de 33%.

Se levarmos em conta só os números da UTI, a queda é mais discreta. Há sete dias, 51 pacientes estavam internados em terapia intensiva. A queda no mesmo período foi de 19%.

Deixe um comentário

Campos obrigatórios são marcados com * *