Pancho
COTIDIANO

Cloroquina no lixo, tinta na Rua XV e restauro da Macuca estão no resumo desta segunda-feira em Blumenau

cloroquina

A prefeitura de Blumenau jogou no lixo 10 mil comprimidos de cloroquina. O medicamento, recebido do governo federal, venceu. Outros 25 mil comprimidos foram cedidos a outras cidades catarinenses. (NSC Total)

Blumenau registrou nesta segunda-feira 387 novos casos de covid-19. Mais de 1,3 mil pessoas estão em tratamento na cidade. Nos hospitais, 18 pacientes estão internados. Cinco deles em UTIs. (O Blumenauense)

Morador do bairro Fortaleza foi indiciado por duplo estupro de vulnerável. Ele teria molestado duas crianças, de quatro e sete anos de idade. (Santa)

O elevador de carga de um supermercado que causou a morte de um trabalhador não deveria estar em operação. Quem afirma é um perito da Polícia Científica de Santa Catarina. Para o delegado responsável pelo caso, houve negligência do supermercado e da empresa de manutenção do equipamento.  (O Município Blumenau)

Notícia repetida. Ladrões furtaram cerca de 40 metros de cabos do sistema de iluminação da Ponte dos Arcos. O material foi reposto na tarde desta segunda-feira. (O Blumenauense)

A prefeitura de Blumenau está testando uma tinta no piso da Rua XV de Novembro. Se não durar, todos os pavers da via podem ser trocados. O teste deve durar dois meses. (NSC Total)

Além da Rua XV de Novembro, a prefeitura quer revitalizar o antigo porto da cidade. (O Município Blumenau)

A passagem do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, por Blumenau foi protocolar. Recebeu pedidos e nada deixou para a cidade. (Informe Blumenau)

O colunista Evandro de Assis dá razões para a desconfiança do eleitor do Médio Vale em relação às obras anunciadas pelo governo do Estado em ano eleitoral. Dá como exemplo o prolongamento da Via Expressa. (NSC Total)

A empresa que estava interessada em comprar a Teka desistiu do negócio. “Houve demora para análise da proposta”, diz o documento entregue à Justiça. (NSC Total)

A locomotiva Macuca foi retirada da praça em frente à prefeitura e será restaurada. Quando o serviço for concluído ela será deslocada alguns metros e ficará em frente à Estação Unifique, que está sendo construída na praça Victor Konder. (Alexandre José)

Sair da versão mobile